Escritor, revisor e tradutor que acredita no poder de comunicar e emocionar através do texto.

Me chamo Marco e posso dizer que tudo começou quando fui alfabetizado com uma máquina de escrever que continua até hoje comigo. Claro, tive meus desvios: quis ser astronauta, biólogo, até paleontólogo. Aprendi a desenhar porque sonhava com fazer quadrinhos, mas o texto prevaleceu e assim sigo até hoje.

Foi partindo daí que comecei a escrever ficção e tive meu primeiro conto publicado aos 21 anos. Publicando outras dez obras de ficção em diversas editoras, sempre pendendo para a ficção científica, dentro dela com especial paixão pela new weird e o cyberpunk.

Sou um profissional versátil que acumulou conhecimentos sobre gerenciamento de equipes e comunidades, sobre comunicar e pesquisar, sobre contar minhas histórias e dar voz a quem quiser contar a própria em todos os formatos possíveis, com o alcance necessário. Trabalhei com praticamente tudo o que é possível fazer em texto: fui jornalista cobrindo videogames, também pude aprender e compartilhar muito na publicidade digital, no mercado editorial e até dentro da própria indústria dos videogames como tradutor. Tenho o desejo de expandir ainda mais meus horizontes, no mercado de tecnologia.

Não acredito em texto sem propósito. Mesmo o mais mundano dos panfletos precisa ter sua comunicação pensada com cuidado e estudo. Acredito que em todo texto há a possibilidade de informar e aprender, de alcançar novas pessoas e dar algo de diferente para as antigas. Por isso procuro sempre aprender mais e ouvir mais, porque só assim a comunicação é possível.

Close